Amigos! Eis aqui o dos olhos de mel! O Poeta!
.MJoão Sousa

Cria o teu cartão de visita
Quinta-feira, 11 de Setembro de 2008
A DERRADEIRA MORTE DO ENCANTADO

 

O senhor-dos-óculos-pretos disse: Morreu!

Mas aquela rapariga meia-maluca

fêz-lhe uma coroa de flores

e beijou-o devagar.

Ele estava deitado, voltado para o céu,

vivo ou morto - a sonhar.

 

Passou um dia enorme.

O senhor-dos-óculos-pretos disse: Cheira mal!

(as abelhas bem sabiam que não

e diziam baixinho: -Dorme...

poisadas sôbre o seu coração.)

 

O senhor-dos-óculos-pretos disse: À cova!

Mas nem os coveiros ouviram.

A chuva mansa lavou-lhe o rosto

e colou-se-lhe ao corpo a lua-nova,

depois da benção so sol-pôsto.

 

(Do senhor-dos-óculos-pretos ninguém sabe.

Mas Êle, para sempre, ali ficou,

a dormir e a sonhar, com o mesmo sorriso.

- Há tanta coisa que não cabe

senão no Dia do Juízo!...)

 

In - "O Náufrago Perfeito" , Tipografia Atlântida

       Coimbra, 1944

 

Imagem - Fotografia gentilmente cedida por "Fisga"

               http://planeta-sol.blogs.sapo.pt/

 


sinto-me:

publicado por poetaporkedeusker às 12:09
link do post | COMENTE, POR FAVOR... | favorito
|

12 comentários:
De adnirolfpa a 11 de Setembro de 2008 às 14:21
este poema é deveras especial e a ilustração é incrivel.
Por acaso sabes onde fica esse monumento? As mãos... as mãos enormes, magnificas, abandonadas mas mostrando que já agarraram o mundo.......
beijinho


De poetaporkedeusker a 11 de Setembro de 2008 às 23:52
Não sei, Flor. Foi o Fisga quem me enviou a imagem e não mencionou o local. Só te posso dizer que é feita de areia. É incrível, não é? Eu tencionava publicar hoje este poema do meu avô e o Fisga envia-me esta imagem magnífica! Parecem feitos um para o outro, o poema e a escultura de areia.
Um beijinho!


De poetaporkedeusker a 11 de Setembro de 2008 às 23:54
Olha Flor, o Fisga informou-me que foi feita em Óbidos, em Abril deste ano.


De poetaporkedeusker a 11 de Setembro de 2008 às 23:54
Olha Flor, o Fisga informou-me que foi feita em Óbidos, em Abril deste ano.


De Fisga a 11 de Setembro de 2008 às 19:09
Olá minha querida amiga João. Só tu, para me fazeres chorar de emoção. Mil vezes grato pela dedicatória, mas não era de todo esperada e nem merecida, afinal foi só umas imagens de construções na areia Estas construções na areia foram em Óbidos
Este ano de 2008-09-04 Se não está em erro Abril. Muito obrigado, Adicionei o poema aos meus favoritos. 2 em 1 por ser magnifico e por ser dedicado a mim.


De poetaporkedeusker a 12 de Setembro de 2008 às 11:00
Meu querido amigo, fico muito feliz por teres adicionado este magnífico poema aos teus favoritos, mas deixa-me dizer-te que fiz um outro modesto soneto especialmente para ti, no poetaporkedeusker.
Chama-me "Mar, Céu e Natureza", as três coisas que tu disseste amar muito.
Um grande abraço!


De Fisga a 12 de Setembro de 2008 às 18:33
Olá amiga João. Ó minha querida amiga. Eu não tenho como te recompensar, das tuas atenções comigo. Mas acredita que gostava muito de te poder ser útil, porque tu estás a ser de uma gentileza impar comigo, e eu não faço nada para o merecer, porque não sei o que posso fazer. Muito obrigado por tudo e que deus te acompanhe sempre e te proteja.


De poetaporkedeusker a 12 de Setembro de 2008 às 23:58
Então não fazes, Eduardo? Tu lês, tu comentas e tratas-me com todo o respeito! Isso, para mim, é uma grande recompensa!
Em relação ao problema com a cx de correio, olha que está mesmo sério! Se fores ao Blog do Mail Sapo, vais ver que há uma quantidade de utilizadores que também não conseguem abrir o correio. Já dura há uns dias e nada de soluções, excepto umas instalações de outros browsers que eu não sei instalar neste PC... e mesmo que soubesse instalar, como não percebo nadinha de informática, não saberia utilizar.
Já me vejo grega com o Vista!
Um grande abraço!


De Fisga a 13 de Setembro de 2008 às 11:39
Olá amiga. Tens que ter calma, porque há muita gente a queixar-se do mesmo e isto tem que levar volta, eu hoje estou desesperado também para conseguir comentar, e há comentários que eu acho são repetidos, e uma série de coisas que estão mal, temos que esperar. Isto tem que ter uma solução. Um abraço. Eduardo.


De poetaporkedeusker a 13 de Setembro de 2008 às 12:16
Comigo parece estar tudo a melhorar. O único problema foi a enorme quantidade de correio acumulado que eu ainda estou a pôr em dia. Mas foi uma avaria das grandes!
Abraço!


De cateespero a 14 de Setembro de 2008 às 11:57
Olá Maria João!
Este blog está cada vez mais espectacular... De certeza que seu Avô, onde quer que ele esteja, está orgulhoso da neta. Bem haja! Abraços! António


De poetaporkedeusker a 14 de Setembro de 2008 às 13:41
Eu hoje ando armada em "pescadora de comentários", António. A cx de correio abriu, de manhã, mas agora não...
Muito obrigada pelas suas palavras. Tenho a certeza de que ele está feliz por ver que os seus poemas continuam a navegar por aí! Um Poeta aceita a morte com dignidade, mas não concebe a morte dos poemas!
Um grande abraço!


Comentar post

mais sobre mim
passando as folhas do livro...
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

COLECTÂNEA FÉNIX -

DUALIDADE

FLOR DO CÉU

ANTÓNIO DE SOUSA E NATÁLI...

Colectânea António de Sou...

arquivos

Outubro 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Novembro 2016

Junho 2014

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

todas as tags

favoritos

GLOSANDO A POETISA MARIA...

CONVERSANDO COM MARIA DA ...

É a arte, solidão?

SO(LAS)

“A Linha de Cascais Está ...

CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

Our story in 2 minutes

«A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

Novidades a 13 de Dezembr...

LIMPAR PORTUGAL

links
as minhas memórias
subscrever feeds