Amigos! Eis aqui o dos olhos de mel! O Poeta!
.MJoão Sousa

Cria o teu cartão de visita
Sábado, 18 de Outubro de 2008
NINGUÉM

Quando o caminho sobe, eu adormeço

sôbre o cansaço de não ter andado:

ao luar-de-mim-mesmo me anoiteço,

com este amar de coração parado.

 

Um fim-de-raça foi o meu comêço

e, sem naufrágios, pelo mar coalhado

destes dias que vivo e não mereço,

o meu futuro é feito de passado...

 

Sonho que sonhe fala-me de algêmas

e gastei com as tintas duns poemas

esta côrdo meu sangue já sem côr!

 

Inocente ou culpado (à Sua imagem!),

eu nem sei porque teimo na viagem

duma vida vivida por favor.

 

 

In - "O Náufrago Perfeito" , Coimbra, 1944

 

Desenho de Manuel Ribeiro de Pavia

 

Imagem retirada da internet


sinto-me:

publicado por poetaporkedeusker às 14:06
link do post | COMENTE, POR FAVOR... | favorito
|

14 comentários:
De cateespero a 20 de Outubro de 2008 às 00:26
M. João
Como seu Avô se sente feliz ao ver que deixou por cá alguém que dele não esqueceu... Bem haja! Beijos! António


De poetaporkedeusker a 20 de Outubro de 2008 às 00:37
Meu amigo, eu nunca me esquecerei dele enquanto viver! E fico muito feliz por ver que o antónio está a gostar das poesias dele!
Abraço.


De Fisga a 21 de Outubro de 2008 às 16:21

Olá amiga Maria João: De facto este naufrago perfeito, deve ser uma delícia de poesia. Eu já fui aos alfarrabistas a Belém e deixei lá o nome a ver se eles me encontram o livro e agora na próxima feira ou na outra vou lá a ver se apareceu algo. Foi mais uma prenda que me ofereceste, obrigado. Um beijo Eduardo.



De poetaporkedeusker a 22 de Outubro de 2008 às 00:02
Olá Eduardo! Já estava a icar preocupada! Tudo bem?
Olha, se encontrasses o primeiro livro dele, o"Cruzeiro de Opalas", até eu assaltava um banco para o poder comprar!
Abraço grande!


De Fisga a 22 de Outubro de 2008 às 17:55
Olá Amiga João. Não estejas preocupada comigo, que as coisas vão no bom caminho. Quanto ao livro, estás mesmo a dizer-me que posso perder as esperanças. Lamentamos, mas o que não tem remédio, está remediado por natureza. Um abraço Eduardo.


De poetaporkedeusker a 23 de Outubro de 2008 às 01:16
Só me estou a referir ao primeiro livro, o que ele publicou aos dezenove anos. É possível que ainda se encontrem alguns dos livros posteriores...
Abraço.


De M.Luísa Adães a 28 de Outubro de 2008 às 18:31
Ele diz" que teve uma vida vivida por favor"

E o Futuro foi feito de Passado ...

Muito bom ser recordado, por uma neta como tu...

Te desejo tudo de melhor!

Beijos,

maria Luísa


De poetaporkedeusker a 28 de Outubro de 2008 às 22:08
Desculpa a demora na resposta ao teu comentário, Maria Luísa. Estou sem acesso à caixa de correio e é-me muito difícil descobrir os vossos coments. Olha, ele foi um dos grandes mestres da metáfora. Penso que ao dizer que teve "uma vida vivida por favor" se referia ao facto de consderar insuficiente o seu trabalho no mundo. Eu conheci-o muito bem e , nesse aspecto, sou muitíssimo parecida com ele. E o seu "futurofoi feito de passado" significa, acima de tudo, que ele nunca deixou morrer a criana que havia em si. Viveu sempre profundamente nostálgico da sua meninice.
Um grande abraço.


De M.Luísa Adães a 29 de Outubro de 2008 às 11:46
tão fácil de ler, tão dificíl de entender o sentir do poeta quando escreve. Isso acontece, mesmo nos poemas que escrevo, quantas vezes o significado do que digo nada tem com o sentir.
Mas, não estou fazendo uma comparação ... Eu meti-me, com consciência disso, num dizer poético que só outros como eu, podem gostar ... Mas perceber onde pretendo chegar, muito dificíl ... Mas escrevo assim deste modo , tão a meu jeito e adoro, escrever desta forma!

Mas entendo e gosto de todo o tipo de poesia, mas há alguma que não gosto! Dos convencidos, dos que pensam saber tudo, dos vaidosos e dos espertos
que pretendem dar lições ao Poeta que venceu no seu mundo, à sua maneira, através da sua Liberdade
Poética.

Maria Luísa









De poetaporkedeusker a 31 de Outubro de 2008 às 05:04
Desculpa o atraso, Maria Luísa. A cx de correio só agora abriu... tu deves saber isso melhor do que eu, mas, neste meio, é muito difícil encontrarmos só o que nos agrada... eu sou pela Paz em todos os espaços, mas também já me vi envolvida em conflitos. É espantosa a facilidade com que se sucedem os mal entendidos, aqui na blogosfera.
Abraço grande!


De M.Luísa Adães a 31 de Outubro de 2008 às 05:20
Poeta

Que se passou? Conflitos na blogosfera? É uma coisa terrível; prometo sempre a mim mesma dizer o minimo, mas às vezes acontece qualquer coisa de inesperado, mal interpretado e vem tudo abaixo.
Até tenho medo de escrever, pois os comentários são lidos e por vezes, mal entendidos.

Beijos,

Maria Luísa


De poetaporkedeusker a 31 de Outubro de 2008 às 17:25
É isso mesmo, Maria Luísa. Como não temos contacto visual com o interlocutor, é muito fácil fazerem uma interpretação errada do que queremos dizer. E o contrário também é verdadeiro...
Estou outra vez sem cx de correio. Se falhar na resposta a algum comentário, não me leves a mal. É muito difícil descobrir os comentários dispersos pelos blogs quando não temos acesso ao email.
Abraço.


De Peter a 14 de Novembro de 2008 às 23:13
muito bonito...o que é que se pode dizer ??? nada, apenas ler....baci


De poetaporkedeusker a 15 de Novembro de 2008 às 00:14
Muita gente escreveu sobre ele. Até o Adolfo Casais Monteiro. Penso que não fiquei com esses documentos, mas tenho tanta papelada encaixotada que nunca sei o que posso ainda encontrar...
Não é nada fácil arranjar tempo para procurar seja o que for, quando se tem 14 animais para tratar e se vive num T1, mas eu espero ainda ter tempo de publicar muito mais artigos e poemas dele e sobre ele.


Comentar post

mais sobre mim
passando as folhas do livro...
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

COLECTÂNEA FÉNIX -

DUALIDADE

FLOR DO CÉU

ANTÓNIO DE SOUSA E NATÁLI...

Colectânea António de Sou...

arquivos

Outubro 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Novembro 2016

Junho 2014

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

todas as tags

favoritos

CONVERSANDO COM MARIA DA ...

É a arte, solidão?

SO(LAS)

“A Linha de Cascais Está ...

CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

Our story in 2 minutes

«A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

Novidades a 13 de Dezembr...

LIMPAR PORTUGAL

Ler dos outros... (cróni...

links
as minhas memórias
subscrever feeds