Amigos! Eis aqui o dos olhos de mel! O Poeta!
.MJoão Sousa

Cria o teu cartão de visita
Quinta-feira, 26 de Março de 2009
DESPEDIDA

 

Flor de luxo, frívola e bela!

- O não subir à janela

dessa impossível virgindade

não me sabe a demência:

se fujo, é certo, da ci~encia

de quanto é inútil combater

vestido só de verdade.

 

Peixe de cores num rio claro!

- A sede bebe a água e deixa o peixe...

Vena outro pescador e o pague caro;

faça o preciso;

empenhe as barbas, o juízo

e não se queixe!

 

As minhasvelas são para a raiva do vento!

Rudes, não é o sopro de um beijo que as enfuna:

- Filha de El-Rei, guarda os teus patos na laguna!

Eu levo o sonho em que tu voas como o vento.

 

 

In "Sete Luas", 2ª Edição, Editorial Inquérito, 1954

 

 

Imagem retirada da internet


sinto-me:

publicado por poetaporkedeusker às 10:41
link do post | COMENTE, POR FAVOR... | favorito
|

6 comentários:
De Fisga a 26 de Março de 2009 às 15:12
Olá amiga João. Mais um lindo poema extraído, suponho do livro sete Luas. Cada poema é uma surpresa, e uma doçura de ler. Parabéns e obrigado. Com o meu abraço sempre amigo. Eduardo.
P. S. Agora a minha página do sapo, e suponho que a de todos, foi vandaliza-da, é o nome apropriado que eu encontro para o que foi feito. Está muito mais comestível aos nossos olhos só que eu não encontro por onde lhe pegar para ler e responder a um comentário, e a minha que está bem recheada deles, e eu sem vagar para estar a estudar aquilo.


De poetaporkedeusker a 26 de Março de 2009 às 23:29
Amigo, eu não posso agora estar a ver qual é o problema com a tua página, sob pena de ultrapassar o plafond, mas amanhã, urante a HappyHour, vou ver o que se passa.
Um abraço grande!


De antheos a 27 de Março de 2009 às 19:29
Amiga M. João
Acredite que eu teria escrito exactamente, o que abaixo transcrevo, acerca de si...
"...A poesia, na nossa terra, atira para o campo da estreia com algumas dezenas de nomes, durante o ano. Uns prometem ser alguém; outros escapam pela tangente; outros, ainda, são uma verdadeira calamidade.De quando em quando, no meio desse número de principiantes, aparece um veterano, daqueles que já entraram ou estão quase a entrar para o caminho da consagração. Estes passam e tornam-se imediatamente notados, como é de calcular. É assim, a modos de quando desfila um regimento, aqui e além, aparecer, destacado, um oficial. E como com esses oficiais acontece, as patentes são diversas. mais altas e mais baixas. Sucedeu isso mais uma vez, agora. depois de terem passado vários desconhecidos, surge um nome que de há muito soube tomar o preciso relevo. refiro-me a...".
TAL AVÔ... TAL NETA. Um grande xi coração. António


De poetaporkedeusker a 28 de Março de 2009 às 00:35
Obrigada, meu amigo António. É muito boa vontade sua, mas eu agradeço-lhe muitíssimo o cumprimento.
Um abraço!


De antheos a 27 de Março de 2009 às 19:34
Amiga M. João
Apesar de "novinho" também quero manifestar a minha grande admiração pelo grande poeta que foi seu Avô. É sempre com enorme prazer que "passeio" por este cantinho de poesia. Xi coração. António


De poetaporkedeusker a 28 de Março de 2009 às 00:37
Um xi-coração para si também, meu amigo. Gosto muito do seu novo nick!


Comentar post

mais sobre mim
passando as folhas do livro...
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

COLECTÂNEA FÉNIX -

DUALIDADE

FLOR DO CÉU

ANTÓNIO DE SOUSA E NATÁLI...

Colectânea António de Sou...

arquivos

Outubro 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Novembro 2016

Junho 2014

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

todas as tags

favoritos

CONVERSANDO COM MARIA DA ...

É a arte, solidão?

SO(LAS)

“A Linha de Cascais Está ...

CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

Our story in 2 minutes

«A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

Novidades a 13 de Dezembr...

LIMPAR PORTUGAL

Ler dos outros... (cróni...

links
as minhas memórias
subscrever feeds