Amigos! Eis aqui o dos olhos de mel! O Poeta!
.MJoão Sousa

Cria o teu cartão de visita
Domingo, 20 de Abril de 2008
NOTURNO

Chegou a noite.

A tristeza,

essa já tinha chegado

com sua oculta certeza,

os seus dentes apertados

e aquelas mãos frias, frias,

que fazem rugas na face.

.

Falámos muito de ti:

daquela esperança cansada

com que nos demos os braços,

e que eu, depois que te vi,

soube que vinha exilada,

de uns vagos, baços espaços,

a quem melhor perdoasse...

.

Ser um sonho, uma promessa,

é muito mais do que a vida!

Se, depois de teres partido,

não pensavas em voltar...

- meu amor, porque deixaste

os teus castelos no ar?

.

In - O Náufrago Perfeito, Editora Atlântida, Coimbra 1944


sinto-me: castelo no ar

publicado por poetaporkedeusker às 15:48
link do post | COMENTE, POR FAVOR... | favorito
|

8 comentários:
De Blue Eyes a 20 de Abril de 2008 às 21:22
Não sei porquê, mas este poema fez-me sorrir?
Terá sido da esperança?

Um beijinho


De poetaporkedeusker a 20 de Abril de 2008 às 22:12
Sabes Blue, eu criei o meu "Tatuagens" a pensar em ti, na minha vida de há alguns anos atrás e no quadro cuja fotografia postei e que tem exactamente o mesmo significado. Depois vim publicar aqui, no antoniodesousa. Peguei num dos livros dele, ao acaso, abri uma página aleatoriamente e só descobri que o tema era o mesmo quando já ia a meio do poema. Então sorri. Se calhar foi por isso que sorriste também...
Passam-se tantos anos, tantos, e as nossas tatuagens estão sempre lá. Ele chama-lhes "castelos no ar", mas tu já entendeste que é a mesma coisa, não é?
Beijinho!


De Blue Eyes a 20 de Abril de 2008 às 23:02
Claro que sim, mas não foi só por isso. Agora mais consciente acho que foi mesmo das coincidências em volta dos posts.
Como já lhe disse uma vez, houve duas pessoas que me disseram duas frases invocando a presença de Deus no meu destino. Uma já me demonstrou ser real, a outra estou à espera, mas com isto tudo, começo a achar que também se vai revelar!


Um abraço


De poetaporkedeusker a 20 de Abril de 2008 às 23:58
Vai sim Blue Eyes. Nunca deixes de acreditar.


De cateespero a 23 de Abril de 2008 às 18:45
Olá Amiga!
Eu li... Adorei! Fiquei sei "pio". Necessito urgente de saber se há livros no mercado para adquirir.
Abraço apertado!!! António


De poetaporkedeusker a 23 de Abril de 2008 às 21:35
Não sei se ainda haverá livros dele no mercado. Talvez os alfarrabistas ainda tenham alguma coisa... ainda tenho um exemplar da "Linha de Terra" em duplicado. Se não encontrar à venda, ofereço-lho um destes dias. Lá mais para o Verão porque a minha vida agora vai ser um corropio ntre palestras e m´dicos.


De cateespero a 26 de Abril de 2008 às 11:44
Olá Amiga!
Muita saúde e bom fim-de-semana!
Abraço,apertado! António


De poetaporkedeusker a 26 de Abril de 2008 às 14:48
Bom fim de smana, amigo António!
Abraço e obrigada!


Comentar post

mais sobre mim
passando as folhas do livro...
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

COLECTÂNEA FÉNIX -

DUALIDADE

FLOR DO CÉU

ANTÓNIO DE SOUSA E NATÁLI...

Colectânea António de Sou...

arquivos

Outubro 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Novembro 2016

Junho 2014

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

todas as tags

favoritos

CONVERSANDO COM MARIA DA ...

É a arte, solidão?

SO(LAS)

“A Linha de Cascais Está ...

CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

Our story in 2 minutes

«A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

Novidades a 13 de Dezembr...

LIMPAR PORTUGAL

Ler dos outros... (cróni...

links
as minhas memórias
subscrever feeds