Amigos! Eis aqui o dos olhos de mel! O Poeta!
.MJoão Sousa

Cria o teu cartão de visita

Quarta-feira, 20 de Agosto de 2008
INÉDITOS DE ANTÓNIO DE SOUSA

Enviado em carta ao Engº Raúl Martins, 05.05.1968

 

Teus sonhos morrem nos meus,

Que a vida cai-me das mãos...

Erguei-os vós para os céus,

Amigos meus, meus irmãos!

 

Numa carta, ainda ao Raúl Martins, 19.05.1968

 

                              DECLIVE

 

...é o mar que chama por mim,

mas a terra é quem me quer

e a Lua-minha-mulher

reza-me as rezas do fim...


sinto-me: neta...

publicado por poetaporkedeusker às 11:56
link do post | COMENTE, POR FAVOR... | ver comentários (6) | favorito
|

mais sobre mim
passando as folhas do livro...
 
Fevereiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


posts recentes

INÉDITOS DE ANTÓNIO DE SO...

arquivos

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Novembro 2016

Junho 2014

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

todas as tags

favoritos

CONVERSANDO COM MARIA DA ...

É a arte, solidão?

SO(LAS)

“A Linha de Cascais Está ...

CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

Our story in 2 minutes

«A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

Novidades a 13 de Dezembr...

LIMPAR PORTUGAL

Ler dos outros... (cróni...

links
as minhas memórias
subscrever feeds