Amigos! Eis aqui o dos olhos de mel! O Poeta!
.MJoão Sousa

Cria o teu cartão de visita
Domingo, 4 de Janeiro de 2009
CARTA DE LONGE

                                                              Pöertchasch-am-See

                                                              Austria - Maio, 1923

 

Minha adorada mulher:

Aqui vão em duas linhas,

As saudades que adivinhas.

Tantas que nem sei dizer!...

 

Ando por terras estranhas,

longe do meu Portugal.

Atravessei rio e val`,

terra chã e altas montanhas

 

Mas onde quer que passei

achei-me sempre sòzinho:

lembrei-me sempre do ninho,

da rôla que lá deixei.

 

Este sol que me alumia

é triste, nem dá calor:

não é como o teu amor

que é sol de noite e de dia.

 

O céu é mais desmaiado

e assim a modos de estranho.

Inda não vi um rebanho

nem um pastor de cajado.

 

Moro à beira dum lago

de águas mansas como escravas...

Antes quero as ondas bravas

do mar que nos olhos trago!

 

No pálio que se descerra,

de tanta côr! às tardinhas,

eu procuro as andorinhas

que vêem da minha terra

 

E as andorinhas amigas,

nas curvas que vão traçando,

parece que estão marcando

voltas das nossas cantigas...

 

...Adeus minha companheira

das minhas dores e alegrias!

- Agora e todos os dias

seja Deus à tua beira!

 

E, lá do alto do céu,

te dê graça ao teu desejo!

Mando-te a alma num beijo

do teu António, só teu.

 

 

In "Caminhos", Tipografia da Seara Nova, Lisboa, 1933

 

Vinheta da Capa de Diogo de Macedo


sinto-me:

publicado por poetaporkedeusker às 16:49
link do post | COMENTE, POR FAVOR... | favorito

4 comentários:
De Peter a 4 de Janeiro de 2009 às 22:25
belas quadras joão... eu ando em visita de rotina que faz sempre bem. bacio.


De poetaporkedeusker a 4 de Janeiro de 2009 às 23:07
Foram escritas para a minha avò, quando ele estava na Áustria. Já não me recordo se foi o António Menano ou o Edmundo Bettencourt quem as musicou e cantou. A minha mãe manteve o disco original até pouco antes de morrer. Lembro-me muito bem do disco, da "His Master`s Voice"... agora não faço a menor ideia do que lhe aconteceu... a minha irmã talvez tenha ficado com ele...
Baci!


De Velucia a 6 de Janeiro de 2009 às 01:20
Oi Maria

Ao vir aqui neste teu espaço e também espaço de teu avô. Foi curioso...
Quando lia... cantava e só depois de ver a tua resposta ao comentário vi que realmente é uma música. Senti a musicalidade ao ler este poema, e olha que não entendo nada de música, mas pude sentí-la.
E confesso todos muito bonitos. Vale a pena reviver o que teu avô teve e não foi explorado e divulgado por teu país.
Também pelas fotos há de se notar que era um belo rapaz!
Ps. Desculpe a franqueza.
E parabéns por ter concretizado um sonho.

Abraço.


De poetaporkedeusker a 6 de Janeiro de 2009 às 02:05
Obrigada, Velucia! Eu tamém funciono assim! Não sei nada de música, mas sinto-a! E essa eu sei-a de cor desde os meus primeiro anos de vida! É um fado de Coimbra lindo de morrer.. já andei ni Youtube à procura, mas parece que não há mesmo nada... tenho pena de não saber do disco original...
abraço grande!


Comentar post

mais sobre mim
passando as folhas do livro...
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

COLECTÂNEA FÉNIX -

DUALIDADE

FLOR DO CÉU

ANTÓNIO DE SOUSA E NATÁLI...

Colectânea António de Sou...

arquivos

Outubro 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Novembro 2016

Junho 2014

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

todas as tags

favoritos

Pai

À luz da lua

GLOSANDO A POETISA MARIA...

CONVERSANDO COM MARIA DA ...

É a arte, solidão?

SO(LAS)

“A Linha de Cascais Está ...

CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

Our story in 2 minutes

«A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

links
subscrever feeds