Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

antoniodesousa

antoniodesousa

Amigos! Eis aqui o dos olhos de mel! O Poeta!

.MJoão Sousa

Cria o teu cartão de visita

OS "ACASOS" DA BLOGOSFERA


Maria João Brito de Sousa

07.01.10

 

 

 

 
 
A UM POETA-SENHOR
 
-Miguel de Sousa Azevedo

Soube um dia, há idos anos,
que uma Alma, nortenha e fugidia,
tinha em tempos passado
p'la "Presença", onde tantos
dedos célebres, de acérrimos
defensores de direitos e poder,
pintaram as letras da cor-do-Mundo.

Certa noite, em Descoberta,
mergulhei, em "Livro de Bordo",
num mundo de sonetos e rimas,
cujas paragens ou
simples cais de descanso,
cujas mensagens ou
simples marés em balanço,
me fizeram por vezes
tremer, em nome dos
Cabos das Descobertas que
em mim já tinha feito.

Lembro então uma visita,
ao quarto ano de vida,
e que o escuro da memória
só deixa passar em imagem,
em que a Forte figura lá estava,
um tanto acabada,
mas bela, imponente e barbada,
pela cintura, e em mim
subiu ao coração
Linhas e letras de folhas,
amarelas pelo tempo, li e reli
desde então
Um forte impulso de querer
virar o tempo é a linha
constante e a fusão
Do amor pelos outros com a

incompreensão...
o reconhecimento das obras,
não é nunca, por si só,
o verdadeiro indício
daquilo que um Homem vale.
Vou querer-te sempre, como foste
Tio António de Portucale

Porto, 26-OUT-1998

(Este Poema escrevi-o em lembrança do meu Tio-Avô materno António de Sousa. Um dos Homens da "Presença" e um dos menos lembrados geniais poetas deste país...)

 

--
www.portodaspipas.blogs.sapo.pt

www.formularali.wordpress.com

www.twitter.com/portodaspipas

 

4 comentários

  • :) É avô, amigo. O António de Sousa é meu avô e pai do meu pai. O Miguel, que escreveu este poema, é meu primo e eu ainda me lembro muito bem da mãe dele, embora só a tenha visto quando era muito pequenina. Queres que me sente no banquinho? Olha que eu sento mesmo! Estou geladinha mas tenho nada mais nada menos do que cinco camisolas e um casacão! Estás a ver? Pareço o Pai Natal!
    Abraço grande!
  • Imagem de perfil

    Fisga 12.01.2010


    Olá amiguinha. Desculpa, eu já me esquecia que tu já és bastante velhota, mas tu conheces-me e sabes que não é por mal, que eu digo estas bacoradas. Isto são injúrias, o que é pior ainda. Um abraço. Eduardo.
  • :)) Não são injúrias, não senhor! E eu estou mesmo mais cheia de camisolas do que o Pai Natal! Tu és um bom amigo e eu desejo-te o melhor do mundo!
    Abraço grande!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D