Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

antoniodesousa

antoniodesousa

Amigos! Eis aqui o dos olhos de mel! O Poeta!

.MJoão Sousa

Cria o teu cartão de visita

NOTURNO


Maria João Brito de Sousa

20.04.08

Chegou a noite.

A tristeza,

essa já tinha chegado

com sua oculta certeza,

os seus dentes apertados

e aquelas mãos frias, frias,

que fazem rugas na face.

.

Falámos muito de ti:

daquela esperança cansada

com que nos demos os braços,

e que eu, depois que te vi,

soube que vinha exilada,

de uns vagos, baços espaços,

a quem melhor perdoasse...

.

Ser um sonho, uma promessa,

é muito mais do que a vida!

Se, depois de teres partido,

não pensavas em voltar...

- meu amor, porque deixaste

os teus castelos no ar?

.

In - O Náufrago Perfeito, Editora Atlântida, Coimbra 1944

3 comentários

  • Sabes Blue, eu criei o meu "Tatuagens" a pensar em ti, na minha vida de há alguns anos atrás e no quadro cuja fotografia postei e que tem exactamente o mesmo significado. Depois vim publicar aqui, no antoniodesousa. Peguei num dos livros dele, ao acaso, abri uma página aleatoriamente e só descobri que o tema era o mesmo quando já ia a meio do poema. Então sorri. Se calhar foi por isso que sorriste também...
    Passam-se tantos anos, tantos, e as nossas tatuagens estão sempre lá. Ele chama-lhes "castelos no ar", mas tu já entendeste que é a mesma coisa, não é?
    Beijinho!
  • Sem imagem de perfil

    Blue Eyes 20.04.2008

    Claro que sim, mas não foi só por isso. Agora mais consciente acho que foi mesmo das coincidências em volta dos posts.
    Como já lhe disse uma vez, houve duas pessoas que me disseram duas frases invocando a presença de Deus no meu destino. Uma já me demonstrou ser real, a outra estou à espera, mas com isto tudo, começo a achar que também se vai revelar!


    Um abraço
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub